Família e Igreja: Uma integração necessária – Parte 2

Família, Igreja, Pastorais -

Família e Igreja: Uma integração necessária – Parte 2

Essa integração se faz necessária, pois a igreja propicia às famílias as condições para o crescimento espiritual, com vistas ao cumprimento dos seguintes propósitos:

• Adoração – Nós fomos criados para o louvor da glória de Deus. A adoração pode ser uma experiência individual, mas é acima de tudo comunitária (Hb 10.25). Congregada junto ao povo de Deus, a família tem maiores condições de prestar ao Senhor uma adoração mais envolvente, criativa e participativa, crescendo junto com a comunidade (Cl 3.16). Estando unida à igreja, a família participa da adoração em suas mais variadas formas, o que é impossível estando desligada;

• Comunhão – A vida cristã deve ser marcada não apenas pela experiência vertical da adoração a Deus, mas também pela experiência horizontal, através da comunhão com os irmãos (Fp 1.27). Integrada à igreja, a família usufrui as bênçãos da comunhão cristã e ajuda a promovê-la. Os primeiros cristãos perseveravam na comunhão (At 2.42-47). Nesse ambiente de comunhão, em que uns se interessam pelos outros, a família é grandemente abençoada;

• Missão – O envolvimento da família com a igreja deve ir além das experiências da adoração e da comunhão. A igreja, como agência do reino de Deus, tem uma importante missão a desempenhar, no sentido de proclamar o evangelho. E o desempenho dessa missão requer a participação de todas as famílias. Quando a família se omite, a igreja não tem como cumprir sua missão, pois ela é formada de famílias. Compreendendo a necessidade dessa integração, Josué tomou uma decisão que, ainda hoje, desafia profundamente a cada família: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Js 24.15).

Compartilhe essa visão com sua igreja utilizando o material "E a família, vai bem?" 130 mil exemplares já foram distribuídos pelo Brasil inteiro!

Rev. Eneziel Peixoto de Andrade


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados